Danze Macabre, a fúria melódica dos gêmeos Owers

By Gustavo Scafuro - agosto 03, 2018


Pesquisando bandas com lançamentos recentes para representar a Inglaterra na Batalha de Bandas durante a Copa do Mundo de Futebol na Rússia, acabei descobrindo o grupo DANZE MACABRE. Este é o novo projeto dos irmãos Owers, o guitarrista Mark e o baixista Steve, o duo criativo por trás de bandas como Fury, Lionsheart (com Steve Grimmett) e The Psychics. Os irmãos gêmeos demoraram alguns anos, mas finalmente encontraram a voz perfeita para suas composições hard'n'heavy. Nell Montague-Rendall é filha de renomados cantores de ópera, no entanto sua prestação vocal não nos remete ao concorrido universo de cantoras líricas na música pesada. Sua voz tem potência, seu timbre é envolvente, e sua prestação é de fazer inveja a muita cantora pop por aí. A bela e jovem cantora encaixou perfeitamente nas composições do grupo, que ganharam uma dose extra de acessibilidade, com muitos coros e refrões orelhudos, mesmo quando pegam um pouco mais pesado, como nos temas "Stab in the Back", "Pray for You" e "Midnight". O single de avanço "Jamaica Inn" é outro bom exemplo desse equilíbrio entre o hard rock e o heavy metal. Confira no vídeo abaixo.


Apesar de serem promovidos como um grupo de Gothic Rock (talvez mais pela estética visual), acredito que sua sonoridade seja mais abrangente, e talvez melhor encaixada no filão do Melodic Rock/Metal. Sim, temos a presença de teclados e pianos em algumas músicas, mas o peso das guitarras está sempre presente também. Há uma aura neo-clássica aqui e acolá (a faixa título ou "The Message" são bons exemplos), embora não haja espaço para virtuosimos exarcebados ou devaneios instrumentais. As músicas são bem construídas, mas de modo geral são simples e memoráveis. Uma estreia homônima acima da média, que coloca os irmãos Owers em evidência novamente.

Steve - Nell- Mark

  • Share:

You Might Also Like

0 comments